Os bancos brasileiros, em alguns sentidos, estão entre os melhores do mundo. Até muito recentemente, a taxa de inflação no Brasil era a mais alta do mundo (até 80% ao mês; leia sobre o Plano Real, ou como os brasileiros derrotaram a inflação); sob tais condições, todo mundo deixando dinheiro na carteira ou debaixo do colchão está perdendo dinheiro, e os bancos, mais do que úteis, tornam-se essenciais.

É verdade que a maioria dos brasileiros não tem dinheiro suficiente para pensar em investimentos financeiros; Para esses brasileiros, o único recurso era comprar mercadorias assim que eles tinham dinheiro (o que levava os supermercados brasileiros a melhorar sua própria agilidade).

A classe média, no entanto, exigiu produtos e ferramentas para proteger suas economias da inflação. Em resposta, os bancos (que operam em um ambiente competitivo há anos) tiveram que lutar para oferecer disponibilidade, variedade, confiabilidade e experiência ao mercado. E claro, hoje cada um deles oferece produtos e serviços para os mais variados bolsos.

Sistema bancário brasileiro: um resumo

O sistema bancário brasileiro hoje é apoiado por alta tecnologia: a informatização é empregada ao máximo, e o limite é mais do lado do usuário do que do lado do banco; a maioria dos bancos tem presença na internet e as opções disponíveis são mais amplas do que alguns bancos estrangeiros

Praticamente todas as cidades brasileiras têm a presença de um dos maiores bancos; cidades médias (> 100.000 habitantes) geralmente têm alguns ramos de serviços completos.

Além das transações usuais (receber salário, pagamento de contas, etc), os brasileiros podem usar o banco para: comprar seguro; comprar e vender ações; investir em moeda, derivativos, muitos mercados futuros, etc; investir em planos de aposentadoria.

Qual o papel do Banco Central? O que é tarifa bancária?

O sistema bancário brasileiro é confiável, no sentido de que existe uma rede de proteção contra fraudes e falências; Há alguns anos, logo após o controle da inflação, alguns grandes bancos faliram, e o Banco Central do Brasil respondeu com um controle mais rígido dos saldos e a criação de um fundo para proteger os depositantes. Além disso, a tecnologia e a supervisão do Banco Central traz confiabilidade às operações interbancárias: a compensação de transações é rápida e confiável (se estiver interessado em mais informações, visite o SISBACEN – permita acesso em tempo real às informações fornecidas Banco Central) e do Sistema Brasileiro de Pagamentos (informações sobre a compensação de operações financeiras), ambos no site do Banco Central.

A tarifa bancária são os valores que os bancos podem cobrar de seus clientes pelos produtos e serviços que oferecem. O Banco Central estabelece todos os produtos e serviços pelos quais um banco ou instituição financeira pode cobrar uma tarifa ou um pacote de serviços, além de obrigar os bancos e instituições financeiras a oferecem pacotes padronizados com valores diferenciados.

Tarifas bancárias

As tarifas de bancos podem ser encontradas com alguns cliques, e te facilitar a encontrar os bancos mais baratos. (Foto: Business Fortnight)

Como encontrar a tarifa dos bancos?

A melhor forma de comparar a tarifa dos bancos é através do site da FEBRABAN. Há também diversos outros sites que fazem um agregado de tarifas, pacotes de serviços e outros produtos oferecidos pelos bancos e instituições financeiras para fins de comparação.

Outra maneira é ir diretamente no site do banco ou instituição financeira e procurar pela área de tarifas e pacotes de serviços. Por lei, eles são obrigados a oferecer os valores no site de forma clara. Assim, você pode comparar diretamente da fonte mais atualizada as tarifas e pacotes de serviços.

Pacotes de serviços de bancos

A melhor forma de economizar nas tarifas bancárias é usando os pacotes de serviços padronizados de um banco. Comparar os pacotes te ajudará a saber quais são os mais baratos e melhores para suas necessidades. Você pode até descobrir que um pacote básico ou um pacote de serviços gratuito pode ser melhor para você.

Como vocês comparam pacotes de serviços e tarifas bancárias? Onde encontram as informações para comparar as tarifas e pacotes dos bancos?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)