As casas de research tem feito propagandas agressivas online, buscando cada vez mais clientes. Elas oferecem uma plataforma centralizada de educação financeira, investimentos, e mais. Mas o que faz uma casa de research? Como elas funcionam? Resumimos abaixo um pouco sobre como essas empresas atuam no mercado financeiro brasileiro.

O que é casa de research?

O papel da casa de research (casa de pesquisa, em inglês) é fornecer informações ao mercado. A falta de informações cria ineficiências que resultam na deturpação de estoques (super ou subvalorizados). Os analistas usam seus conhecimentos e passam muito tempo analisando uma ação, sua indústria e seu grupo de pares para fornecer ganhos e estimativas de avaliação.

A pesquisa é valiosa porque preenche as lacunas de informação para que cada investidor individual não precise analisar todos os investimentos possíveis. Essa divisão do trabalho torna o mercado mais eficiente.

O papel da pesquisa não mudou desde que a primeira venda de ações. O que mudou foram os ambientes (mercados de alta e baixa) que influenciam a pesquisa, e o mercado que foi aberto para empresas que lucram com essas informações financeiras.

Pesquisa de mercados de alta e baixa

Em todo mercado em alta, alguns excessos se tornam aparentes apenas no mercado em baixa que se segue. Quer se trate de empresas online ou alimentos orgânicos, cada idade tem sua mania que distorce o funcionamento normal do mercado. Na pressa de ganhar dinheiro, a racionalidade é a primeira vítima. Os investidores correm para saltar sobre o movimento e o mercado aloca capital para o(s) setor(es) “quente(s)”. Essa mentalidade de rebanho é a razão pela qual os mercados em alta financiaram tantas idéias ao longo da história.

A pesquisa é uma função do mercado e é influenciada por essas oscilações. Em um mercado em alta, banqueiros de investimentos, a mídia e os investidores pressionam os analistas a se concentrarem nos setores quentes. Alguns analistas se transformam em promotores à medida que entram no mercado. Os analistas que permanecem, praticantes racionais, são ignorados e seus relatórios de pesquisa não são lidos.

Procurar culpar alguém por perdas de investimento é um evento normal em mercados em baixa. Isso aconteceu nas décadas de 1930 e 1970, também durante a crise das ponto.com e a crise financeira de 2008. Algumas críticas são merecidas, mas geralmente a necessidade de fornecer informações sobre as empresas não mudou.

Decisões financeiras

A pesquisa financeira das casas de research ajudam investidores a tomarem decisões de investimentos. (Foto: Flatworld Solutions)

Como a pesquisa financeira mudou com as casas de research?

Para discutir o papel da pesquisa das casas de research no mercado atual, precisamos diferenciar entre pesquisa financeiras na bolsa de valores e outras pesquisas. As principais corretoras fornecem pesquisas da bolsa de valores – geralmente empresas do lado da venda – dentro e fora da bolsa. Outras pesquisas são produzidas por empresas de pesquisa independentes e pequenas corretoras de boutique.

Essa diferenciação é importante. Primeiro, a pesquisa da bolsa de valores se concentrou em ações de grande capital e muito líquidas e ignora a maioria das ações de capital aberto. Para permanecerem lucrativas, as empresas da bolsa se concentraram em ações de grande capitalização para gerar negócios bancários de investimento e lucros comerciais altamente lucrativos, mas também enfrentam a difícil tarefa de cortar custos.

As empresas que provavelmente fornecerão às firmas de pesquisa acordos consideráveis ​​de banco de investimento são as ações que são determinadas dignas de serem seguidas pelo mercado. O potencial de investimento de longo prazo da ação geralmente é secundário.

Outras pesquisas estão preenchendo a lacuna de informações criada pela bolsa. Empresas independentes de pesquisa e corretoras de luxo estão fornecendo pesquisas sobre as ações que ficaram órfãs pela bolsa. Isso significa que empresas de pesquisa independentes estão se tornando uma fonte primária de informação sobre a maioria das ações, mas os investidores relutam em pagar por pesquisas porque não sabem o que estão pagando até bem depois da compra. Infelizmente, nem todas as pesquisas valem a pena ser compradas, pois as informações podem ser imprecisas e enganosas.

Atualmente, há uma grande quantidade de pesquisas que são fornecidas gratuitamente aos clientes por e-mail. Mesmo com um custo praticamente zero para o investidor, grande parte da pesquisa não é lida.

As casas de research estão tornando o conhecimento financeiro uma commodity, isto é, um produto ou serviço que pode ser vendido aos seus clientes. Para isto, estão investindo cada vez mais em profissionais e mecanismos que contribuem para fornecer informações financeiras certeiras e que ajudam os investidores a tomarem suas decisões.

Quem paga pelas casas de research?

O irônico é que, embora a pesquisa tenha se mostrado valiosa, poucos investidores individuais parecem não querer pagar por isso. Isso pode ocorrer porque, no sistema tradicional, as corretoras fornecem pesquisas para obter e manter clientes. Os investidores apenas precisaram pedir um relatório a seus corretores e o recebiam sem nenhum custo. O que parece ter passado despercebido é que as comissões dos investidores pagavam por essa pesquisa.

Um bom indicador do valor da pesquisa é o valor que os investidores institucionais estão dispostos a pagar por ela. Os investidores institucionais normalmente contratam seus próprios analistas para obter uma vantagem competitiva sobre outros investidores. Embora os gastos com analistas de pesquisa de ações tenham diminuído significativamente nos últimos anos, as instituições também podem pagar pela pesquisa do lado da venda que receberem (em reais ou dando à empresa corretora fornecedora as operações para executar).

As casas de research baratearam o acesso para essas informações, garantindo que mais pessoas tenham acesso ao conhecimento financeiro para tomarem decisões mais conscientes.

O papel da pesquisa baseada em honorários

A pesquisa com base em taxas aumenta a eficiência do mercado e preenche a lacuna entre investidores que desejam pesquisar (sem pagar) e empresas que percebem que não é provável que Wall Street forneça pesquisas sobre suas ações. Esta pesquisa fornece informações ao público mais amplo possível, sem nenhum custo para o leitor, porque a empresa em questão financiou a pesquisa.

É importante diferenciar entre pesquisa objetiva baseada em honorários e pesquisa promocional. A pesquisa objetiva baseada em honorários é semelhante à função do seu médico. Você paga um médico para não lhe dizer que se sente bem, mas para lhe dar a opinião profissional e verdadeira de sua condição.

A pesquisa legítima baseada em honorários é uma análise e opinião profissional e objetiva do potencial de investimento de uma empresa. A pesquisa promocional é curta em análise e cheia de hype. Um exemplo disso são os relatórios por e-mail e as postagens enganosas nas mídias sociais sobre os estoques de centavo que supostamente triplicarão em pouco tempo.

As empresas de pesquisa legítimas baseadas em honorários, assim como as casas de research, têm as seguintes características:

Elas fornecem serviços analíticos, não promocionais.

Elas recebem uma taxa anual definida em dinheiro; eles não aceitam qualquer forma de patrimônio que possa causar conflitos de interesse.

Elas fornecem uma divulgação completa e clara do relacionamento entre a empresa e a empresa de pesquisa, para que os investidores possam avaliar a objetividade.

A reputação e credibilidade de uma casa de research depende dos esforços que eles fazem para informar os investidores. Uma empresa não deseja ser manchada por estar associada a pesquisas não confiáveis ​​ou enganosas.

Da mesma forma, uma empresa de pesquisa desejará apenas analisar empresas com fundamentos sólidos e potencial de investimento a longo prazo.

A pesquisa baseada em taxas continua a fornecer uma análise profissional e objetiva do potencial de investimento de uma empresa, embora o mercado de seus serviços permaneça desafiado no atual ambiente de negócios.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)