Navegar em suas finanças pessoais pode ser um negócio complicado. Às vezes, um mentor financeiro é exatamente o que você precisa para colocar suas finanças nos trilhos. Um mentor financeiro é essencialmente alguém que pode ajudá-lo a planejar estratégias inteligentes sobre como gastar, economizar e investir seu dinheiro.

O que é mentoria financeira?

O dinheiro pode se complicar e tum mentor financeiro confiável pode trazer clareza e contexto às suas decisões financeiras e tornar coisas como investir e economizar um pouco mais fáceis de gerenciar.

Hoje, qualquer pessoa com um site e um pouco de conhecimento pode reivindicar ser um especialista, portanto, siga estas etapas para ter certeza de encontrar um mentor cuja intenção é realmente ajudá-lo.

Um mentor, é um profissional que vai te orientar, guiar para os melhores resultados financeiros.

O que procurar na mentoria financeira?

Primeiro, dê uma olhada honesta na sua situação. Liste seus pontos fortes e fracos financeiros e defina algumas metas. Se você tem uma boa noção do seu orçamento pessoal, mas precisa de orientação para entrar no mercado imobiliário, convém sentar com alguém da sua família que possui propriedades e sabe como é ser um caçador doméstico pela primeira vez.

Se, por outro lado, você tentou – e falhou – em inúmeras ocasiões criar uma conta poupança ou de aposentadoria, pode estar em busca de um mentor financeiro que entenda os caprichos da vida e das finanças cotidianas.

Profissionais e investidores iniciantes podem querer contratar um consultor financeiro para ajudar a colocar seu dinheiro para trabalhar, mas podem não ter dinheiro para gastar com um. É aqui que um mentor financeiro é útil.

Entenda o que é possível com um Mentor financeiro

Antes de começar sua pesquisa a sério, há uma coisa que você pode querer fazer e continuar fazendo durante todo o processo. Anote suas metas e duas perguntas a serem respondidas sobre cada etapa do processo: Isso me ajudará a atingir minha meta? Isso vai funcionar bem para a minha vida?

Isso é importante não apenas para ajudá-lo a manter o foco, mas para lembrar que as finanças pessoais são apenas isso – pessoais – e um mentor legítimo deve sempre trabalhar em direção à sua agenda, não à deles. Torne seu protetor de tela, defina um lembrete repetido ou qualquer outro método que funcione melhor para que o objetivo final fique à vista e em mente.

Mentoria financeira

A mentoria financeira pode ajudar no melhor resultado econômico para sua saúde financeira. (Foto: Lighthouse Mentoring)

Encontre candidatos para sua mentoria financeira em potencial

Os mentores financeiros podem vir de qualquer lugar – até de sua própria família. Comece com seu círculo de pessoas e crie uma lista daqueles que têm uma boa noção de suas finanças. Procure parentes, amigos ou até conhecidos que administram com sucesso pequenas empresas ou gerenciam bem sua dívida.

A parceria com um mentor que você já conhece não só pode economizar dinheiro, mas também começa com um nível mais profundo de confiança. Em muitos casos, as pessoas também podem se sentir mais confortáveis ​​se abrindo para alguém que não é um estranho.

Se você precisar chegar fora do seu círculo social, peça referências. O boca a boca e as referências pessoais são geralmente muito mais confiáveis ​​do que uma pesquisa no Google, especialmente se você é iniciante.

De fato, alguns “gurus” da riqueza atacam aqueles que não têm experiência com dinheiro vendendo programas muito caros que não oferecem muito valor; portanto, quanto mais você puder confiar na reputação pessoal, melhor.

Dito isto, a internet não está cheia de predadores esperando para tirar vantagem de você. Mas se você acessar a Web, comece com sites profissionais como o LinkedIn, prossiga com cautela e faça classificações e comentários como seu amigo.

Quando se trata de responsabilizar empresas e indivíduos, eles são um dos maiores benefícios das mídias sociais. Procure mentores que tenham uma classificação alta e um número alto de críticas que pareçam relacionáveis ​​a você e a seus objetivos. Mesmo um comentário tão simples como “Ele estava disponível apenas durante o horário de trabalho” pode ser negativo para quem tem um emprego durante o horário comercial.

Quais as qualidades para o melhor mentor financeiro?

Depois de restringir sua pesquisa a alguns mentores em potencial, faça uma lista de perguntas para perguntar e perguntar a si mesmo. Aqui estão alguns para você começar:

Para mentores em potencial:

  • Há quanto tempo você é um mentor, coach ou consultor?
  • Qual é a sua especialidade comercial?
  • Qual é o seu maior sucesso/fracasso financeiro?
  • Você já esteve na minha situação? O que você fez a respeito?
  • Qual é a sua disponibilidade?
  • Qual é o seu plano para me ajudar a alcançar meus objetivos?

Para você mesmo, algumas perguntas:

  • Posso me relacionar com essa pessoa?
  • Eles se apresentam como uma história de sucesso financeiro?
  • Eles sabem como ensinar?
  • Eles estão realmente me ouvindo?
  • Eles estão tentando me vender alguma coisa?
  • Qual é meu instinto em relação à pessoa?

Ao avaliar suas respostas, lembre-se de manter em mente seu objetivo original e seja rigoroso, porque você não está procurando três ou quatro mentores que possam dar certo. Você está procurando o início de um relacionamento benéfico. Depois de encontrar “o” mentor, dê o salto e peça orientação.

Seja um bom aluno

Durante suas primeiras reuniões, trabalhe em conjunto com seu mentor para definir expectativas e estabelecer as bases. Determine um plano, como você chegará lá e com que frequência se comunicará.

E lembre-se de que, tanto quanto você espera que eles sejam um bom mentor, você deve ser um bom aluno. Ouça atentamente, faça boas anotações e implemente as sugestões do seu mentor. E, se a qualquer momento você sentir que seu mentor tem segundas intenções ou não tem seus melhores interesses no coração, é sua prerrogativa desistir.

Conte com a tecnologia a seu favor

Se seu círculo social não possui gurus financeiros ou você não tem orçamento para contratar um profissional, considere a tecnologia como seu professor. Há muitos recursos na internet, onde você pode aprender sobre dinheiro. Obviamente, você deve proceder com cautela na Internet – não pode acreditar em tudo que lê e pode procurar várias fontes para verificar reivindicações.

Encontre uma fonte respeitável que você ache interessante – não há escassez de conteúdo financeiro. De blogs a podcasts, sites e revistas, há algo para todos. Construir uma base educacional sólida pode percorrer um longo caminho quando se trata de gerenciar suas finanças.

Se você estiver pronto para dar o próximo passo, considere abrir uma conta de investimentos que ofereça consultoria ou investimento automatizado.

Você também se beneficiará da tecnologia de investimento automatizado, que reequilibrará automaticamente seu portfólio para permanecer alinhado com seus objetivos e tolerância a riscos.

Outra opção fantástica para alavancar suas economias são as contas de gerenciamento de caixa, onde você pode economizar e gastar em um só lugar, com bons conselhos para suas finanças.

Já usou os serviços de um mentor financeiro? Como foi? Como vocês buscam auxílio financeiro?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)