Todos nós temos objetivos e sonhos para o futuro. Se você quer comprar sua primeira casa ou está planejando abrir seu próprio negócio, o dinheiro é provavelmente uma das suas principais considerações. Esta é apenas uma das razões pelas quais você precisa criar e manter um plano financeiro forte e flexível. Seu plano é uma ferramenta que ajuda você a ir de onde você está agora para onde você quer estar no futuro. Mas como fazer um planejamento financeiro e se preparar para os erros que podem acontecer? E quais são esses erros? Vamos entender.

Não orçamentar é um dos principais erros de planejamentos financeiros

Pensar que você tem “o suficiente” ou saber que não tem o suficiente, não é motivo para não manter um orçamento. Existem muitas ferramentas online que permitem saber as contas que estão chegando e o que é fácil e eficiente. Após o orçamento por alguns meses, você pode se surpreender ao saber quanto você gasta em sua conta de internet, cafezinhos e comer fora. Ao manter um orçamento e fazer as alterações necessárias, você poderá conseguir mais recursos financeiros.

Se isso não é razão suficiente, demissões de emprego ou outras despesas repentinas podem acontecer quando você menos espera. Manter e rever o seu orçamento pode ajudar a garantir que você reserve dinheiro extra no caso de tal pressão financeira. A regra geral é ter de três a seis meses de despesas salvas para poder ficar tranquilo.

O planejamento pessoal financeiro erra ao retardar a poupança para a aposentadoria

Paciência não é uma virtude quando se trata de iniciar sua poupança de aposentadoria. Tão rapidamente quanto você for elegível, aproveite todas as oportunidades para fazer uma poupança para sua aposentadoria, seja ela privada, pela Previdência ou com outros tipos de investimento. Quanto mais jovem você for quando começar, mais tempo seu dinheiro terá para se multiplicar e mais dinheiro você terá ao se aposentar.

Se você é autônomo ou sua empresa não oferece um plano de aposentadoria, certifique-se de ainda economizar para a aposentadoria configurando uma carteira de investimentos diversificada. Isso vai te ajudar a poupar para se aposentar sem correr muitos riscos e com dinheiro de folga para curtir seu descanso.

Erros de planejamento

Corrija seus erros de planejamento financeiro antes que eles destruam suas finanças. (Foto: Kiplinger)

Como planejar as finanças sem tocar na aposentadoria?

Tirar dinheiro de sua conta de aposentadoria é como tomar emprestado de suas necessidades futuras para pagar suas necessidades atuais. Se esse dinheiro estiver em algum tipo de investimento, você pode ter custos tributários e taxas que te fazem perder dinheiro ao sacar os recursos. É melhor evitar o uso desses fundos.

Infelizmente, não importa o quão cuidadoso você seja com suas finanças, demissões de trabalho, problemas hospitalares e reparos domésticos podem acontecer quando você menos espera. Para essas verdadeiras emergências, é importante construir uma rede de segurança financeira com um fundo de emergência. A regra geral é manter 3 a 6 meses de despesas de vida em uma conta de emergência para evitar pegar sua poupança de aposentadoria.

O erro do planejamento financeiro sem os seguros devidos

O que aconteceria com sua renda, bens e entes queridos em caso de invalidez ou morte? Para se proteger e aos seus entes queridos, é essencial garantir que você estará seguro contra possíveis perdas financeiras.

Embora você não pense que precisa de um seguro quando é jovem e solteiro, neste momento, sua idade e boa saúde podem ser a melhor época para comprar. Se a sua dívida estiver sob controle e seu fundo de emergência for estabelecido, considere a compra de seguro de invalidez, vida e cuidados de longo prazo. Fale com um profissional financeiro para ajudar a preencher suas lacunas de cobertura e certifique-se de rever sua cobertura regularmente, principalmente após eventos como casamento, filhos, e outros.

Problemas ao configurar seus investimentos

É importante ter tempo para revisar periodicamente seus investimentos por alguns motivos. Primeiro, sua tolerância ao risco para investimentos muda ao longo da sua vida, geralmente sendo maior quando você é mais jovem e menor quando você é mais velho. Dois, à medida que você avança na vida, suas metas e investimentos precisarão ser atualizados para refletir mudanças, como aumentos, novos empregos, mudanças e novos membros da família. Para garantir que você maximiza seu potencial de ganhos e que seus investimentos reflitam com precisão suas metas e tolerância a riscos, planeje revisar seus investimentos com uma certa regularidade. Investimentos de mais alto risco precisam de revisão mensal. Risco moderado, trimestral (pelo menos), e investimentos de baixo risco uma revisão semestral. Se você puder revisar mensalmente todos esses investimentos, melhor ainda.

O planejamento financeiro pode parecer complexo, mas com a ajuda certa, inclusive de conselheiros financeiros de confiança, você pode garantir um bom futuro.

Quais erros você já cometeu no seu planejamento financeiro? Como faz para evitar esses erros hoje em dia?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)