Equilibrar a poupança e o investimento é um desafio difícil. Um indivíduo deve ter seguro e poupança para gerenciar catástrofes e pagar por metas de curto prazo. Economizar entre 3 e 12 meses de salário líquido é um nível prudente para se buscar antes de investir em produtos financeiros de alto risco.

Como economizar seu dinheiro começando pelo fundo de emergência?

Os indivíduos devem ter dinheiro suficiente economizado em uma conta de emergência antes de começar a investir. Dinheiro de emergência deve totalizar entre 3 a 12 meses de renda atual. Esses fundos são necessários para desafios como uma perda inesperada de emprego. Além disso, essa reserva de caixa pode facilitar grandes reparos ou despesas médicas não cobertas por um plano de saúde. Os fundos de emergência são uma ótima estratégia para proteger um indivíduo de acumular grandes dívidas de cartão de crédito, cheque especial, ou empréstimos pessoais com juros muito altos.

Como fazer para guardar dinheiro: lazer

Economizar para compras de lazer modestamente caras é importante porque fornece gratificação evitando as despesas com juros. O objetivo é reservar economias para usar em itens ou experiências que possam ser tentadas a pagar pelo uso de um cartão de crédito. Por exemplo, um indivíduo pode alocar a economia mensal para um pacote de férias dos sonhos ou para uma bicicleta de última geração. Essa economia de curto prazo e orientada para objetivos pode ajudar as pessoas a evitar altas taxas financeiras associadas a compras por impulso. Se você já tem itens tecnológicos, como tablets, celulares, e/ou computadores, é uma ótima ideia economizar para a troca futura desses itens, pois ela irá chegar.

Quanto dinheiro para investir

Entenda que é preciso ter um mínimo de dinheiro, uma margem de segurança, antes de começar a assumir riscos com investimentos. (Foto: The College Investor)

Dicas para economizar com os instrumentos financeiros certos: começando a investir

Os poupadores devem analisar instrumentos financeiros para adequar a liquidez, uma medida da facilidade de retirada de fundos, com metas de economia. Isso significa que suas economias, após respeitados os dois critérios acima, devem ser alocados em investimentos com os retornos apropriados. É nessa hora que começamos realmente a investir. E à medida que vamos ficando mais seguros com a liquidez, os investimentos, vamos diversificando e aumentando nossos retornos.

Em geral, produtos de investimento com taxas mais baixas geram mais liquidez. Instrumentos de taxa mais elevada têm vencimentos mais longos, o tempo entre o depósito dos fundos e a data em que as retiradas são possíveis. Exemplos de instrumentos de poupança incluem contas de poupança, certificados de depósito e títulos do tesouro. Indivíduos devem manter dinheiro de emergência em contas de poupança, enquanto CD’s ou títulos do tesouro são boas escolhas para economizar para itens de lazer moderadamente caros e que você não vai precisar no curto ou médio prazo.

Cuidado com o atraso nos investimentos

Ter poupança adequada é importante, mas também a segurança financeira a longo prazo. Uma vez atingidos os limites de poupança, os indivíduos devem começar imediatamente a investir. As economias sozinhas podem não cobrir o custo de uma aposentadoria longa. Os investimentos, embora mais arriscados que a poupança, têm mais potencial de crescimento. Quanto mais cedo um indivíduo começar a investir, mais tempo haverá para que os títulos cresçam em valor. Isso é importante porque muitos aposentados precisarão financiar décadas de vida além dos anos tradicionais de emprego.

Com quanto dinheiro você começou a investir? Como alocou seus investimentos?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)