Insurtech – abreviação de “tecnologia de seguros” (insurance tech, em inglês) – é uma ampla categoria de tecnologias em constante mudança usadas na indústria de seguros. Qualquer tecnologia usada por uma seguradora para aumentar a eficiência de suas operações pode ser considerada insurtech.

Insurtech: o que é?

A Insurtech pode ser qualquer nova tecnologia introduzida nas operações das seguradoras para economizar custos ou simplificar os processos.1 Insurtech é uma subdivisão da fintech – nova tecnologia introduzida para melhorar as operações e resultados financeiros das empresas financeiras. Assim como a fintech, insurtech se refere a uma ampla gama de tecnologias, portanto, é difícil definir qualquer característica ou aplicação definidora.

Se você já interagiu com um chatbot no site de uma seguradora ou baixou o aplicativo de smartphone de uma seguradora, então você usou a insurtech.

Insurtech também pode se referir a empresas que produzem insurtech, que vem crescendo nos últimos anos e faturando bilhões.

Como funciona uma insurtech, a fintech para seguros?

Como a insurtech é nova por definição, suas aplicações estão em constante evolução. De modo geral, a insurtech otimiza e aprimora os processos de back-end, melhora a experiência do cliente e economiza dinheiro para a seguradora.

Uma preocupação com a insurtech é a questão da privacidade. As seguradoras retêm informações confidenciais sobre seus clientes, portanto, qualquer nova tecnologia introduzida deve ter protocolos de segurança fortes.

Chatbots e aplicativos de smartphone são exemplos de como a insurtech otimiza o processo de backend. As seguradoras não precisam mais contratar funcionários de atendimento ao cliente para responder às preocupações de cada cliente. Muitos podem ser respondidos por chatbots que respondem automaticamente às perguntas dia e noite. Além de simplificar a experiência de atendimento ao cliente, isso também economiza dinheiro para a empresa.

Os aplicativos de smartphone também melhoram a experiência do cliente. Em vez de imprimir fotocópias de licenças e outros documentos, o cliente pode simplesmente tirar uma foto com seu telefone e enviá-la por meio do aplicativo. Isso economiza tempo e recursos para o cliente e para a empresa.

Insurtech no mercado financeiro

As insurtechs estão revolucionando o mercado de seguros, oferecendo diversos benefícios para os negócios. (Foto: Trulioo)

Tipos de Insurtech

Aqui estão alguns dos tipos comuns de insurtech que você poderia esperar ver utilizados por uma seguradora. Algumas dessas peças de tecnologia acabarão sendo eliminadas por tecnologias mais novas, enquanto outras irão evoluir e permanecer um aspecto importante da insurtech.

1. Inteligência artificial

O termo inteligência artificial (IA) se refere a software que pode realizar funções normalmente associadas a humanos, como raciocínio e aprendizagem. Chatbots, que são essencialmente programas de computador que podem se comunicar com os clientes verbalmente ou por meio de texto, são exemplos de IA insurtech.

2. Aprendizado de Máquina

Outro tipo de insurtech é o aprendizado de máquina, que é uma subcategoria de IA. Como o nome sugere, o aprendizado de máquina é uma tecnologia que permite que as máquinas “aprendam” com o tempo. Ele utiliza algoritmos para imitar redes neurais no cérebro humano. O aprendizado de máquina permite que os computadores adquiram conhecimento extraindo padrões de dados brutos, em vez de seguir instruções específicas.

As seguradoras coletam grandes quantidades de dados, mas as empresas sem insurtech utilizam apenas 10% desses dados. O aprendizado de máquina permite que as seguradoras explorem seus dados com mais eficiência e extraiam informações valiosas. Aqui estão algumas maneiras pelas quais as seguradoras estão usando (ou provavelmente usarão) o aprendizado de máquina.

Modelagem de risco: Análise de dados de sinistros para prever o risco de perdas futuras

Modelagem de demanda: usando modelos matemáticos para estimar prêmios e prever a demanda futura de produtos

Detecção de fraude: identificação de padrões de comportamento fraudulentos com aprendizado de máquina que não são óbvios para avaliadores humanos

Processamento de reivindicações: automatizando relatórios e processamento de reivindicações
Subscrição: usar o aprendizado de máquina para ajudar os subscritores a analisar os dados coletados dos candidatos, sinalizando erros e verificando a precisão

3. Internet das Coisas

Outro tipo de insurtech é a Internet das Coisas (IoT). Este termo se refere a máquinas comuns (como geladeiras e televisores) que estão conectadas à Internet. Um exemplo de IoT é a telemática, o uso de dispositivos eletrônicos em veículos para coletar, receber, armazenar e transmitir dados em uma rede. Muitas empresas que possuem frotas de veículos os equipam com dispositivos habilitados para GPS. Esses dispositivos podem ser usados ​​para rastrear a localização dos veículos e medir velocidades de direção, padrões de frenagem, aceleração e outros hábitos. As seguradoras de automóveis comerciais podem usar os dados dos dispositivos para oferecer descontos, melhorar a segurança e analisar acidentes.

Tecnologia vestível, como Fitbits e Apple Watches, é outro exemplo de IoT que pode ser usado em insurtech. As seguradoras podem oferecer um incentivo aos clientes que usam essas tecnologias enquanto dirigem.

4. Aplicativos para smartphone

Os aplicativos de smartphone das insurtechs podem ser projetados para clientes, empresas ou ambos. Os aplicativos da seguradora simplificaram o processo de seguro para pessoas em ambos os lados da transação.

5. Drones

Algumas seguradoras usam drones, especialmente seguradoras imobiliárias. Drones podem inspecionar uma propriedade quando seria perigoso enviar humanos para inspecionar, como telhados e áreas de desastre. As seguradoras de acidentes também podem encontrar uso para drones, como para inspecionar e fotografar um local de acidente de automóvel. Essa tecnologia também pode ajudar a tornar seu local de trabalho mais seguro.

Principais vantagens das insurtechs

Insurtech é qualquer tecnologia usada por seguradoras para agilizar suas operações, fornecer um serviço melhor ou economizar dinheiro.

Insurtech também pode se referir a empresas que se especializam na produção de insurtech, ou pode se referir à indústria de insurtech como um todo.

O que mais vocês sabem sobre as insurtechs? Quais vocês conhecem?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)