Como pagar boleto no caixa eletrônico?

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

Um caixa eletrônico é uma ferramenta que permite que os portadores de cartões concluam transações em suas instituições financeiras, seja usando cartões ou a biometria. Neles você pode sacar dinheiro sem precisar visitar uma filial local ou enfrentar uma fila. Este é um método conveniente, especialmente quando os clientes precisam de dinheiro. E principalmente, quando você precisa pagar boletos ou contas com códigos de barras.

Mas como funciona?

Pagar boleto no caixa eletrônico: onde pagar?

O tipo básico de caixa eletrônico permite que os clientes retirem dinheiro, paguem contas, e realizem transações digitais. Existem dispositivos mais complexos que oferecem cheques e até o saque de moedas estrangeiras.. Normalmente, apenas os clientes do banco têm acesso a esses recursos.

Além disso, existem dispositivos integrados e independentes. O tipo embutido está localizado próximo à parede de uma empresa ou instituição financeira e possui recursos de segurança. Ele está literalmente ligado. As máquinas autônomas são encontradas em diferentes locais, incluindo vias para veículos, na rua e em instalações comerciais. Geralmente, os caixas eletrônicos independentes são de redes como Banco 24 Horas.

Outros locais incluem restaurantes, postos de gasolina, supermercados, aeroportos e estações de trem e shopping centers. Em geral, os caixas eletrônicos são encontrados em áreas com grande tráfego de pedestres.

Assegure-se de que o caixa eletrônico tem um scanner para códigos de barras e que os botões estejam funcionando corretamente para poder digitar informações.

Pagamento de contas

Quando precisar pagar contas, o caixa eletrônico é um aliado prático para esta finalidade. (Imagem: Cross Border Freedom)

Como fazer pagamento pelo caixa eletrônico?

Os caixas eletrônicos são usados ​​para pagar impostos, taxas e contas como telefone, luz, gás e outros. Os titulares dos cartões podem atualizar suas senhas e comprar vários produtos, incluindo bilhetes para shows, trens e loterias. Algumas máquinas até oferecem empréstimos rápidos. Os usuários têm duas opções – fazer transferências e sacar dinheiro. Os caixas eletrônicos também são usados ​​para pagar saldos de cartão de crédito, doar para organizações de caridade e transferir dinheiro. Existe um limite para o valor que pode ser usado por transação de pagamento e em um único dia.

Interpretando que você está dentro do limite da sua conta para usar no caixa eletrônico, pagar boletos e contas é feito da seguinte maneira:

Passo 1: Cartão ou biometria

O usuário deve entrar em sua conta por cartão ou biometria no caixa eletrônico, inserindo sua senha.

Passo opcional: Saldo

Antes de pagar, verifique seu saldo em tela para garantir que tem dinheiro para o pagamento.

Passo 2: Pagamentos

Na tela inicial, escolha a opção pagamentos.

Passo 3: Com ou sem código de barras

Escolha a opção de pagamento com ou sem código de barras. Sem código de barras, você irá digitar os números.

Passo 4: Confirmação dos dados

Confirme os dados na tela. Em alguns boletos, é necessário digitar os valores a serem pagos.

Passo 5: Data de pagamento

Agenda o pagamento para uma data específica ou escolha o mesmo dia para o pagamento imediato.

Passo 6: Senha/Biometria e comprovante

Digite sua senha e/ou use sua biometria, espere a confirmação do pagamento e retire seu comprovante.

É seguro pagar contas no caixa eletrônico?

O dispositivo do caixa eletrônico consiste em um processador de criptografia, PIN pad, leitor de cartão e unidade de processamento central. O leitor de cartão é uma unidade que lê as informações da conta enquanto o teclado permite aos clientes inserir seu PIN, quantidade de dinheiro e transação necessária (ou seja, consulta de saldo, retirada de dinheiro, etc.).

Um recibo é impresso pela impressora de registro para cada transação. Outros componentes incluem indicadores e sensores, cofre e botões-chave. Existe um dispositivo de distribuição de dinheiro que se encontra na parte inferior da máquina. Um olho elétrico está embutido no terminal e sua função é contar o número de notas que saem do terminal. O sensor é outro componente do terminal que verifica a espessura das notas.

As notas dobradas ou rasgadas são descartadas e vão para a lixeira. Dessa forma, as instituições financeiras obtêm informações sobre a qualidade das notas e a quantidade de notas rasgadas ou gastas. Uma taxa alta indica que há um problema com o distribuidor ou com as contas carregadas no caixa eletrônico.

Os caixas eletrônicos também possuem vários recursos de segurança que protegem bancos e clientes. Isso inclui números de identificação, câmeras de segurança, senhas e outros. Existem diferentes tipos de software que permitem aos clientes transferir dinheiro e aceitar depósitos. Além disso, existe um software de PIN que permite aos clientes inserir o PIN na ordem inversa e, assim, sinalizar à polícia que alguém os força a fazer um saque.

Tudo isso deixa os caixas muito seguros, mas tome sempre cuidado quando for fazer os pagamentos. Sempre faça durante o dia e em caixas em que há movimento. Não corra riscos desnecessários.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Dinheiro ou cartão é uma pergunta muito comum nas lojas. A partir desta pergunta e muitas outras, André começou a escrever sobre finanças neste blog. Formado em pedagogia, André é especialista em educação financeira, além de ser consultor financeiro e empresarial. Tem mais de 300 horas de cursos em finanças, empreendedorismo, e orçamento. Há vários anos compartilha seu conhecimento através deste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Dinheiro ou Cartão não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário