Quando você incluir as informações essenciais para sua próxima grande viagem, seja uma reunião de negócios internacional, uma viagem gastronômica para o exterior, férias voluntárias em outro país ou compras online, talvez seja melhor considerar levar um cartão pré-pago.

Os cartões pré-pagos oferecem uma maneira fácil de obter dinheiro em moeda local sem o risco de usar seu próprio cartão de débito, o custo de um adiantamento em dinheiro de cartão de crédito ou o incômodo de cheques de viagem. Mas cuidado. Essa conveniência vem com taxas e limitações, tais como retirada de caixa eletrônico e limites de valor de compra que poderiam prejudicar suas compras.

Cartão internacional pré-pago: como funciona?

Um cartão pré-pago é uma ferramenta em uma carteira de viagem diversificada. É uma das formas mais convenientes de conseguir dinheiro para pagar compras no exterior ou para controlar seus gastos no Brasil.

Um cartão pré-pago internacional funciona de forma semelhante a um cartão pré-pago de uso geral, exceto que ele normalmente oferece recursos e benefícios especiais projetados para compras no exterior, que podem variar de acordo com o banco emissor;

Em geral, para usar um cartão pré-pago, você compra o cartão e carrega simultaneamente os fundos que deseja gastar até o valor máximo permitido no cartão. Depois de chegar ao seu destino, você pode usar seu cartão em caixas eletrônicos para receber dinheiro ou fazer compras.

Se você tiver um cartão pré-pago com um logotipo Visa ou MasterCard, estará protegido pela política de responsabilidade zero das redes de cartões. Dependendo do emissor do cartão, você poderá usar um aplicativo para smartphone ou acessar um site para verificar o saldo, analisar suas compras e procurar cobranças que você não reconhece.

Por exemplo, o AAA Visa TravelMoney Card oferece um aplicativo para dispositivos móveis que ajuda você a acompanhar as transações do seu cartão em qualquer lugar. Se houver uma compra fraudulenta, você poderá ser alertado rapidamente.

Custos cartões pré pagos

Usar cartões pré pagos tem taxas em algumas situações. Conheça os valores para não acabar no prejuízo. (Foto: businesscreditcardslo.com)

Vantagens de cartão pré-pago

Acha que vai levar consigo algum dinheiro, cartão de crédito e cartão de débito na sua próxima viagem ao estrangeiro? Existem dois grandes motivos pelos quais você pode querer levar um cartão de viagem pré-pago.

Segurança

Cartões pré-pagos são mais seguros do que usar seu próprio cartão de débito ou crédito. Um cartão de débito ou crédito normal está ligado ao banco da sua cidade natal, por isso alguém pode roubar toda a sua conta bancária. Os cartões pré-pagos também são mais seguros do que carregar maços de dinheiro. Dinheiro físico tem alto risco de roubo.

Recursos e regalias amigáveis ​​para viagens

Os cartões pré-pagos específicos para viagens são projetados tendo em mente o globo-trotador. Por exemplo, alguns emissores oferecem cartões que tem chip e PIN. Como essa tecnologia é a norma na Europa, Brasil e em outras partes do mundo, ter um cartão com chip e PIN pode facilitar a compra de bilhetes de trem ou outros itens em quiosques desacompanhados. Além disso, os cartões pré-pagos podem oferecer algumas das vantagens geralmente associadas aos cartões de crédito das recompensas. Por exemplo, um cartão pode oferecer proteção de compra, que cobre itens comprados com seu cartão de até um certo valor por 90 dias a partir da data da compra por roubo ou dano devido a acidentes, fogo e clima. O cartão também oferece assistência de viagem e emergência, ajuda de planejamento pré-viagem, serviços de tradução de emergência e reembolso de bagagem perdida até um limite por viagem.

Conveniência

Os cartões pré-pagos também oferecem conveniência quando comparados com os cheques de viagem, que, sim, ainda existem. Os cheques de viagem estão quase extintos nos dias de hoje e é difícil encontrar lugares para descontá-los em alguns países.

Taxas de cartão pré-pago

Cartões de viagem podem ter taxas extravagantes”

Taxas de transação estrangeira

Como alguns cartões de crédito, os cartões de viagem pré-pagos podem cobrar taxas de transação no exterior para compras, além da cobrança de IOF para depósitos no cartão e custos de câmbio.

Outras taxas

Cartões pré-pagos também podem cobrar uma taxa de compra de cartão, uma taxa de retirada de caixa eletrônico, uma taxa de retirada de caixa eletrônico estrangeira, uma taxa de inatividade e uma taxa para recuperar o saldo restante.

Dicas de cartão pré-pagos

Dependendo do cartão que você deseja e de onde você mora, talvez seja necessário ir a uma agência bancária ou a um local para obter o cartão. A MasterCard oferece um localizador de cartões de viagem pré-pago. Antes de fazer a caminhada, confira os detalhes dos cartões online. Aqui estão cinco dicas para comprar e usar um cartão pré-pago:

Verifique as taxas

Alguns cartões de viagem fazem você ir e vir, então leia as letras miúdas antes de comprar para evitar os custos.

Verifique se o cartão funcionará no seu destino

Certifique-se de que você poderá usar o cartão para o qual está indo ou no país onde quer usar o cartão.

Escolha um cartão que você pode gerenciar com facilidade

Procure por um cartão que permite verificar o saldo e visualizar as compras online ou via smartphone.

Conheça os limites

Os cartões pré-pagos geralmente tem limites que podem afetar suas viagens, caso você não os entenda antes do tempo.

Evite reservas a todo custo

Cartões pré-pagos funcionam como cartões de débito. Portanto, evite usar um cartão de viagem pré-pago para reservar um quarto de hotel ou um carro alugado, o que pode desencadear uma retenção que pode comprometer centenas do seu dinheiro por uma semana ou mais. Use um cartão de crédito para reservar e, se desejar, use seu cartão pré-pago apenas para pagar as cobranças finais.

Apesar das desvantagens, os viajantes de negócios e de lazer, além de compradores online devem considerar cartões pré-pagos.

O que acha de cartões pré-pagos? Já usou um? Deixem nos comentários suas opiniões!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)