O CPF é um dos documentos mais importantes para o brasileiro. Caso você esqueça seu CPF, pode enfrentar dificuldades, e é importante recuperar seu CPF para não ter problemas com a falta do seu CPF. Mas como encontrar um CPF perdido? Veja como encontrar e recuperar seu número de CPF.

O que é CPF?

O Cadastro de Pessoa Física (Cadastro de Pessoa Física), conhecido como CPF, é um banco de dados administrado pela Receita Federal, que armazena informações de seus cadastrados. É um documento para brasileiros, estrangeiros que residem no Brasil e estrangeiros que residem no exterior, mas possuem bens ou negócios no Brasil.

Cada pessoa individual cadastrada é identificada com um número único e permanente, que pode ser carregado ou não em um cartão. Como o próprio nome já diz, o CPF é destinado apenas a pessoa física, o documento equivalente para pessoa jurídica é o CNPJ.

Sem o CPF, não se pode abrir conta em banco, obter crédito, candidatar-se a vagas públicas, abrir entidade, estar em dia com os impostos, comprar em determinadas lojas, entre outras coisas.

Quem é obrigado a obter um CPF?

O CPF é obrigatório para todas as pessoas físicas em qualquer uma das seguintes situações:

Sujeito à declaração de renda anual para o pagamento do imposto de renda

Sujeito a herança

Profissionais independentes que estejam cadastrados em quaisquer Órgãos de Fiscalização da Prática Profissional do Brasil, como CREA, CRM, OAB etc

Corretores imobiliários ou pessoas físicas que participam de operações imobiliárias no Brasil

Titulares de contas, operadores financeiros e acionistas

Contribuinte para solicitar benefícios do INSS

Residir no exterior (brasileiros ou estrangeiros) com bens ou direitos sujeitos a registro público no Brasil, como imóveis, veículos, embarcações, aeronaves, participações societárias, contas bancárias, capitais ou aplicações no mercado financeiro brasileiro.

Entretanto, qualquer pessoa (brasileira ou estrangeira, residente ou não no país), mesmo que não se enquadre nos casos obrigatórios acima, pode solicitar a inscrição no CPF. Também não há limite de idade para obter o CPF, ao qual até recém-nascidos podem se inscrever.

CPF perdido

Perder seu CPF pode te dar problemas, e é importante recuperar o quanto antes seu número. (Foto: Deloitte)

Como obter um CPF?

É muito fácil se inscrever no CPF. Basta preencher o formulário de inscrição em qualquer um dos locais:

Qualquer agência do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Correios. É necessário pagar uma taxa, pois será emitido um cartão CPF.

Agências públicas associadas, sem cobrança de taxas (nenhum cartão será emitido).

Representações diplomáticas no exterior: sem cobrança de taxas (nenhum cartão será emitido).

Diretamente na Receita Federal nos casos de: não residentes no Brasil, inscrição de falecido ou exigência de órgãos da administração pública quanto à incapacidade de atendimento aos locais acima (presos, internados)

Ainda assim, não há como se inscrever para o CPF exclusivamente pela internet. O candidato deverá se dirigir a uma das unidades credenciadas acima, portando os seguintes documentos:

1. Menores de 16 anos

Carteira de identidade ou certidão de nascimento

Documento de identidade da pessoa legalmente responsável

Se necessário, documento que comprove a custódia, tutela ou curadoria

2. Entre 16 e 18 anos

Carteira de identidade ou certidão de nascimento

Título de eleitor (opcional)

3. Entre 18 e 70 anos

Carteira de identidade ou certidão de nascimento

Título de eleitor (obrigatório);

Certificado de dispensa militar

4. Pessoa falecida

Documento comprovativo da necessidade de inscrição;

Certidão de óbito;

Pessoa falecida com bens a inventariar: documentos do (s) beneficiário (s) falecido (s);

Pessoa falecida sem bens para inventariar: documentos que comprovem a paternidade com o falecido (irmãos, pais, filho)

5. Estrangeiros (residentes ou não residentes no Brasil)

Documento de identidade (válido no país de residência), RNE ou passaporte;

Os documentos devem ser traduzidos por um tradutor certificado;

Esqueci meu CPF, e agora?

Em caso de perda ou roubo do CPF, é recomendável denunciar o fato à polícia. O cartão CPF não contém foto ou assinatura do titular, podendo ser facilmente utilizado por outra pessoa, fingindo ser você. Porém, o CPF só é válido se apresentado junto com a Carteira de Identidade ou outro documento oficial com foto. Mas nem todos os estabelecimentos são tão cuidadosos.

As pessoas podem comprar várias coisas com o seu CPF roubado, abrir contas bancárias e contratar serviços em seu nome. Em uma frase, seu nome pode acabar afundando em dívidas. Lembremos que os vendedores estão mais preocupados em vender do que em perder tempo checando documentos. Aí você terá muita dificuldade em provar que essas dívidas não são suas, sem falar no dinheiro gasto com advogados.

Em caso de perda ou roubo de seu cartão de CPF, você pode obter uma segunda via. Mesmo assim, seu número de registro continua o mesmo, você deve verificá-lo. Para conseguir um novo cartão de CPF você deve ir a uma agência dos Correios ou Banco do Brasil, portando os mesmos documentos que usou na primeira vez e pagar a taxa  novamente. O novo cartão será entregue em sua casa em até 15 dias.

Você pode também ir para uma agência de atendimento da Receita Federal e informar que esqueceu seu CPF. Leve seus documentos para que eles possam tentar identificar seu CPF.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)