Comprar produtos e serviços online e pagar com dinheiro pode ser feito normalmente utilizando um boleto bancário. No Brasil, os pagamentos por boleto são uma ótima forma de garantir um fluxo de caixa e de oferecer descontos para clientes, já que o recebimento é quase que imediato e garantido.

Normalmente, um boleto bancário é emitido por uma empresa. Pessoas físicas, no entanto, também podem emitir boletos bancários.

O que é boleto bancário?

O boleto bancário é, basicamente, uma ordem de pagamento. Ele é emitido com um valor, um beneficiário e um responsável por seu pagamento. É também inclusa a data de emissão e data de vaidade do boleto. Esta, por sua vez, quando não for respeitada, pode resultar na cobrança de multa e juros ou no cancelamento do pedido, seja um produto ou serviço, que está discriminado pelo boleto.

Como emitir boleto sendo pessoa física: intermediadora de pagamentos

Uma pessoa física pode emitir um boleto bancário usando os serviços de uma intermediadora de pagamentos, ou um gateway de pagamentos. São empresas como PayPal, PagSeguro, PicPay, Mercado Pago, entre muitas outras que oferecem meios de emissão e preenchimento automático de boletos bancários para a cobrança de produtos e/ou serviços de pessoas físicas.

Emissão de boletos

Pessoas físicas podem emitir boletos comerciais ou através de bancos online para depósitos e cobranças. (Foto: divulgação)

Emissão de boleto pessoa física: contas digitais

As conta digitais, como a NuConta, a conta digital do Banco Inter, C6 Bank, entre outras, permitem que os clientes dos bancos emitam boletos bancários para realizar depósitos sem custos. Estes boletos podem ser emitidos com valores específicos para serem pagos. Assim que os valores forem pagos, o valor será depositado então na conta de quem emitiu o boleto. É uma forma prática para cobrar serviços e produtos, além de realizar transferências bancárias sem custos extras.

Tem algum problema pessoa física emitir boletos?

Não. Mesmo que seja para a cobrança de serviços, produtos, ou para depósitos e/ou transferências, boletos podem ser emitidos por pessoas físicas sem problemas. O que é importante é que os valores recebidos sejam devidamente declarados para os impostos, garantindo que os impostos sejam devidamente pagos sem qualquer problema.

Cuidados com a emissão de boletos

Muitos sites oferecem a emissão gratuita de boletos para pessoas físicas e empresas. Porém, muitos deles substituem dados dos boletos para fraudes. Além disso, o fornecimento de informações pessoais nestes boletos pode resultar em fraudes financeiras. Use apenas e somente os serviços financeiros de empresas consolidadas, pesquisando informações online para descobrir se é uma empresa idônea ou não.

Os boletos são uma forma de pagamento prática e que garante um fluxo de caixa imediato para empresas e pessoas físicas. O boleto pode ser oferecido com descontos para incentivar o pagamento por boleto. É importante que a empresa ou pessoa física que emitiu o boleto tenha uma forma de acompanhamento ou monitoramento do boleto bancário.

Assim, as contas recebíveis podem ser devidamente monitoradas, sabendo também qual a taxa de conversão de boletos emitidos para boletos devidamente pagos.

Esperamos que não tenham ficado dúvidas sobre o assunto da emissão de boletos por pessoas físicas. Caso você ainda tenha alguma pergunta, o espaço de comentários abaixo está aberto para vocês. Compartilhem conosco sua experiência com a emissão de boletos, seja para uso pessoal ou de seu negócio, e contribua para mais pessoas aprenderem sobre o assunto.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)