Juros e multa no boleto bancário, como calcular?

Se você pagar seus boletos com atraso, a empresa que emitiu o boleto poderá cobrar juros sobre o saldo não pago, bem como determinar uma penalidade com base na atraso. O valor exato que você terá que pagar depende de alguns fatores, mas não pode passar dos limites estabelecidos pela lei, que varia de acordo com o serviço que está sendo oferecido.

Enquanto alguns boletos atualizam automaticamente no momento do pagamento, outros precisam ser atualizados manualmente. E mesmo assim, é bom monitorar os custos das contas vencidas para não ter problemas mais tarde.

Cálculo de juros de boleto

Das duas cobranças que você pode enfrentar, os juros é o mais direto a ser calculado. A taxa de juros de um boleto é determinada pelo serviço que você está oferecendo, mas gira em torno de 1% a 2% do boleto. Alguns serviços, como aluguel, pode ter juros a mais, mas é preciso verificar. Geralmente os juros estão especificados em contrato ou no próprio boleto.

Os juros podem ser calculados diariamente a partir do vencimento. Portanto, a cada dia que você atrasa o pagamento de suas contas, você deve um pouco mais de juros.

Portanto, se você deve R$1000 em uma conta e atrasa 90 dias, primeiro calcule sua cobrança diária de juros, que seria de R$0,0273. Em seguida, multiplique por 90 dias para chegar à taxa total de juros aproximada de R$2,47

Calcular juros e multa de boleto

As multas por atraso podem ser um pouco mais difíceis de calcular. As multas são estabelecidas também no contrato, e a legislação vigente limita os valores que podem ser cobradas em um boleto vencido.

A multa normalmente cobrada é de até 2% do valor do boleto vencido. Portanto, se você teve um boleto que venceu com o valor de R$1000, pagará o valor de R$20 de multa pelo atraso.

Calculando juros e multa

Nos atrasos ou na hora que for necessário, calcule os juros e a multa que deve ser paga pelo boleto ou conta que deixou de pagar. (Foto: Clarence W. Utley, PC)

Cuidados com problemas no atraso de boleto

A multa para certos boletos, como boletos de impostos ou de aluguel, podem ter valores diferentes, estabelecidos pelo Código Civil. Portanto, se você não puder pagar o valor que deve até a data da cobrança, é importante verificar qual a multa está no contrato para não ser pego de suspresa com cobranças altas.

Além disso, é importante mencionar que multas e juros podem  também resultar em outras penalidades. O não pagamento do boleto, por exemplo, pode resultar em seu nome ficando sujo na praça.

Exemplo de cálculo de juros e multa sobre um boleto

Vamos considerar o caso de alguém que tem um boleto de R$5.000 e paga a conta 110 dias após o prazo de vencimento, supondo 15 de abril. Bem, pelo cálculo dos juros diários descrito anteriormente, esse contribuinte deve R$15,07 em juros. E, como 110 dias são mais de três meses e menos de quatro, eles teriam que pagar quatro meses em multas por atraso no pagamento, ou 2% do saldo (0,5% vezes quatro meses). Isso se traduz em uma multa por atraso no pagamento de R$100. Portanto, juros e multas somam R$145,21 neste caso.

O que fazer se não puder pagar um boleto em dia?

Cada caso de atraso é analisado individualmente. O que isto significa é que as multas e juros podem ser renunciadas ou reduzidas se houver uma razão legítima para o atraso. Isso pode significar apenas a necessidade de uma ligação para a central de atendimento e a negociação de um pagamento sem juros e multa, uma atualização do boleto com valores mais acessíveis ou a negociação do parcelamento dos valores devidos.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário