O que é um boleto de proposta? Quais outras opções?

Usar a terminologia correta é importante nos negócios, principalmente no mundo dos negócios. Ainda assim, quando se trata de definir propostas, estimativas, cotações e propostas de projetos, a terminologia certa pode muitas vezes criar mais complicações ao invés de facilitar. Isso é um problema porque para os clientes, especialmente as grandes empresas, as diferenças são mais pronunciadas. Quando eles exigem uma proposta, eles não ficam profundamente impressionados quando, em vez disso, recebem o que consideram ser um orçamento.

Para isso, você pode oferecer um boleto de proposta para o cliente, para que ele tenha como comparar diferentes opções.

O que é boleto de proposta?

O boleto de proposta é um boleto com um valor que não precisa ser obrigatoriamente pago. É uma proposta comercial dada a um cliente. Só é necessário pagar o boleto de proposta se a proposta for aceita.

Um boleto de proposta só pode ser emitido com autorização do pagador. Além disso, ele precisa declarar a vontade em receber o documento, seja por documento ou autorização online.

Limitações dos boletos de proposta

Um boleto de proposta deve ser feito pela espécie BDP, ou Boleto de Proposta, observando às seguintes regras estabelecidas pelo BACEN:

Boletos de proposta

Um boleto de proposta é uma oferta para aprovação do cliente. (Foto: FreshBooks)

O que o cliente espera em uma proposta?

Para garantir uma melhor relação de trabalho entre você e seu cliente, é vital conhecer as diferenças entre os documentos envolvidos em uma proposta. O profissional deve sempre confirmar com o cliente, em caso de dúvida, que tipo de documento deseja. Isso pode ser feito perguntando ao cliente algumas perguntas sobre que tipo de informação ele gostaria de ver.

Isso reduz mal-entendidos e evita perda de tempo.

1. Estimativa de Projeto

Uma estimativa do projeto é, como o nome sugere, uma estimativa geral de quanto o projeto custará. Uma estimativa é fornecida no início do diálogo entre um cliente em potencial e um freelancer. O cliente em potencial fornece uma visão geral de seu negócio e seus requisitos, e o freelancer então fornece uma faixa de preço prevista.

A estimativa do projeto não é legalmente vinculativa e é considerada por ambas as partes como estando sujeita a alterações, uma vez que mais detalhes do projeto sejam fornecidos. A estimativa simplesmente permite que o cliente em potencial tenha uma noção de quanto provavelmente precisará pagar e se deve continuar.

2. Cotação de Projeto

Uma cotação de projeto está relacionada a uma estimativa de projeto, exceto que é mais detalhada e precisa. O preço que você fornece na cotação deve ser o preço que o cliente pagará, assim que concordar com o andamento do projeto. Isso também se aplica aos detalhes do serviço, cronogramas e escopo do projeto. Quando o cliente aceita o orçamento, nada deve ser alterado.

Antes de escrever uma cotação de projeto, é extremamente importante entender exatamente o que o cliente precisa, o que o projeto envolve e confirmar os detalhes da cotação antes de ser aceita.

3. Proposta de projeto

Geralmente é escrito quando um cliente em potencial precisa de mais informações e persuasão sobre suas habilidades e como você pode atender às necessidades dele. O proprietário de uma empresa pode, às vezes, pedir a dois ou mais freelancers que enviem propostas e, em seguida, eles escolhem quais apelam mais.

Uma proposta de projeto é muito detalhada e contém informações mais sólidas do que uma estimativa ou orçamento. Antes de escrever uma proposta, é importante entender o que é o projeto, o que o cliente exige e os objetivos principais. Você pode, então, escrever uma proposta detalhada que gere confiança e atenda às expectativas do cliente em potencial.

Juntamente com a proposta de projeto, pode ser enviado um boleto de proposta, caso já tenha sido acordado este envio ao cliente.

Contrato de projeto

Depois, há o contrato do projeto.

Um contrato de projeto é totalmente diferente dos documentos acima mencionados. A principal diferença é que um contrato é juridicamente vinculativo. É um acordo legal entre a empresa, autônomo, MEI e o cliente, que muitas vezes é esperado por ambas as partes antes de qualquer trabalho começar. Os contratos removem a possibilidade de qualquer uma das partes desistir de seus acordos contratuais. Isso fornece uma segurança vital para a paz de espírito e o fluxo de caixa.

Um contrato de projeto geralmente contém informações muito semelhantes a uma cotação de projeto. As informações contidas em um contrato incluem o escopo do projeto, os vários preços, os prazos esperados e vários termos e condições relacionados a pagamentos, entregas, propriedade intelectual e quaisquer outras informações que você ou seu cliente considerem relevantes.

Antes de enviar ou assinar um contrato de projeto ou enviar um boleto de proposta, é importante conversar com seu cliente sobre quaisquer questões sobre as quais você ou ele não tenha certeza. É sempre melhor errar do lado da cautela se você tiver dúvidas persistentes sobre qualquer coisa.

O que mais importa é o que você fornece ao cliente com o que ele espera receber.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário