Dinheiro não traz felicidade? É verdade?

Em Educação financeira por André M. Coelho

Há um velho clichê que diz: “O dinheiro não pode comprar a felicidade”, ou “O dinheiro não traz felicidade”. Mas isso é verdade? Há pesquisas para sugerir que, até um certo nível de renda, o dinheiro certamente pode ter um impacto positivo em sua felicidade. Neste artigo, vamos mergulhar em alguns dos argumentos em ambos os lados do debate.

Dinheiro não traz felicidade?

Quando se trata de questão de saber se o dinheiro pode comprar ou trazer a felicidade, há muita pesquisa por aí. A resposta frustrante, mas verdadeira é: depende.

O dinheiro é uma ferramenta. Se você usá-lo corretamente, pode absolutamente ter um impacto em sua felicidade.

Mas isso não aumenta necessariamente nossa felicidade das maneiras que você pode esperar. Mais dinheiro não vai melhorar sua mentalidade, e comprar mais coisas não vai realmente trazer mais alegria.

Mas o dinheiro também pode comprar coisas como tempo e experiências que sem dúvida nos trazem felicidade. É também uma das principais causas de estresse (incluindo estresse da dívida) – estresse que pode ser aliviado quando comemos o suficiente para viver confortavelmente.

Dinheiro não traz felicidade, mas compra

Aquele velho ditado sobre dinheiro não poder comprar felicidade existe há tanto tempo por um motivo. O dinheiro não pode consertar tudo, e há certamente mais que mais dinheiro não levará a mais felicidade.

1. O dinheiro não pode mudar sua mentalidade

Sua mentalidade tem um impacto significativo em sua felicidade, e é algo que o dinheiro não pode consertar. Se você é uma pessoa meio vazia sem muito dinheiro, é provável que sua mentalidade seja semelhante antes que você tenha dinheiro.

2. O dinheiro não pode comprar relacionamentos

Relacionamentos são a predição mais consistente da felicidade. Quando temos pessoas em nossas vidas que amamos, são mais prováveis ​​de serem felizes. E, finalmente, isso é algo que o dinheiro não pode comprar.

Claro, pode haver pessoas que querem passar tempo com você porque você tem muito dinheiro. Mas aqueles não serão relacionamentos genuínos, e não são susceptíveis de trazer felicidade duradoura.

Dinheiro e felicidade no dia a dia

O dinheiro não compra felicidade, mas te dá tranquilidade para não se estressar. (Imagem: ontocollege)

3. Coisas materiais não nos fazem felizes

Quando recebemos mais dinheiro, talvez como um presente ou de um aumento no trabalho, muitos de nós imediatamente pulamos sobre as posses materiais que podemos comprar. Mas essas posses não fazem muito para aumentar nossa felicidade.

Muitas pessoas têm roupas bonitas ou dirigem carros bonitos, mas ainda não são felizes. Na verdade, muitas pessoas usam compras como uma fuga quando estão infelizes, pensando que vai aumentar sua felicidade. Mas, finalmente, não funciona.

Maneiras que o dinheiro pode comprar felicidade

Você certamente poderia fazer o argumento de que o dinheiro em si não faz as pessoas felizes. Mas há muita pesquisa que mostra que, quando gasto nas coisas certas, o dinheiro pode ter um impacto dramático em sua felicidade.

1. O dinheiro reduz o estresse, e o estresse reduz a felicidade

Estudos mostram que o dinheiro é a causa número um de estresse para os brasileiros. É também uma das principais causas de estresse conjugal e divórcio.

Portanto, não é surpresa que tenha mais dinheiro – pelo menos o suficiente para viver confortavelmente e sair do cheque de pagamento para o ciclo de pagamento – pode reduzir o estresse. E quando as pessoas têm menos estresse em suas vidas, podem se concentrar nas coisas que os fazem felizes.

2. Dinheiro compra tempo

Um dos maiores presentes que o dinheiro pode comprar é o tempo. Claro, o dinheiro em si pode não ser capaz de nos comprar felicidade do brasileiro. Mas pode comprar tempo com as pessoas que amamos.

A quantia de dinheiro que fazemos tem um enorme impacto em nossa capacidade de passar tempo com os entes queridos. Alguém que não faz o suficiente em seu trabalho em tempo integral para pagar as contas pode ter que obter um segundo emprego, resultando em menos tempo gasto com a família.

Mas alguém com muito dinheiro não só pode trabalhar apenas um emprego, mas eles também podem tirar o tempo de férias para passar ainda mais tempo com os entes queridos.

O tempo de compra pode nos trazer felicidade de outras maneiras. Há alguma tarefa que você encontra particularmente drenando? O dinheiro nos permite terceirizar essas tarefas, eliminando algo que uma vez nos tornou infeliz.

3. Dinheiro compra experiências

Muita pesquisa mostrou que as experiências nos trazem mais felicidade do que os posses. Quando você tem mais dinheiro à sua disposição, você pode gastar em experiências como férias, shows, festivais e muito mais.

Enquanto eles não podem durar, desde que pertences materiais, a memória desses eventos dura muito mais tempo e ajuda a nos tornar mais felizes.

4. O dinheiro pode ajudar os outros

Quando você tem mais renda descartável, você pode compartilhar mais através da doação. A pesquisa sugere que quando as pessoas podem financeiramente dar aos outros, elas são mais felizes do que se tivessem gasto o dinheiro em si mesmos. O dinheiro permite que você doe às causas mais importantes para você.

Quanto dinheiro você precisa para ser feliz?

Os pesquisadores descobriram que o dinheiro aumenta o bem emocional do bem emocional, mas apenas até certo ponto. A partir desse ponto, o dinheiro não faz mais tanta diferença, e a gestão dele é que faz você mais ou menos feliz.

Há muitos bons pontos em ambos os lados do argumento de se dinheiro pode comprar felicidade. Claro, o dinheiro em si não faz você feliz. E comprar mais posses provavelmente também não.

Você é feliz com mais ou menos dinheiro? Por que?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Dinheiro ou cartão é uma pergunta muito comum nas lojas. A partir desta pergunta e muitas outras, André começou a escrever sobre finanças neste blog. Formado em pedagogia, André é especialista em educação financeira, além de ser consultor financeiro e empresarial. Tem mais de 300 horas de cursos em finanças, empreendedorismo, e orçamento. Há vários anos compartilha seu conhecimento através deste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Dinheiro ou Cartão não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário