Quando você está por sua conta, você concilia várias funções de negócios ao longo do dia. Empreender não é divertido nem fácil. Você é o único recebendo clientes, lidando com perguntas, fazendo um trabalho real com esses clientes, cuidando da contabilidade, pagando as contas, etc. Pode ser bastante pegado, mas não precisa ser assim quando você começa já sabendo como fazer dinheiro empreendendo.

Abrir um negócio lucrativo começa com planejamento

Um plano de negócios ajuda a definir onde você está agora. Ele descreve o que você deseja fazer, seus recursos disponíveis e para onde deseja ir. É um plano estratégico que varia muito, dependendo do seu nicho, produtos / serviços e até mesmo da localização geográfica. Deve incluir suas metas e objetivos, bem como uma análise do mercado atual e dos concorrentes em seu espaço (para garantir que você tenha clientes).

Além disso, um plano de negócios deve descrever seus requisitos financeiros – itens e serviços que você precisa adquirir, tudo o que é necessário para a inicialização e como pretende proteger o capital. Esse plano é essencialmente o roteiro para o futuro do seu negócio, portanto, faz sentido revisá-lo regularmente.

Um plano de marketing oferece um curso de ação para aumentar o reconhecimento da marca e direcionar os clientes com maior probabilidade de se interessar pelo que você tem a oferecer. Não se apresse com a escrita. Seu plano de marketing o ajudará a descobrir exatamente o que você precisa fazer e quando vai fazê-lo. Com tudo isso fora do caminho, a parte de marketing real parecerá fácil em comparação.

Empreender para ganhar dinheiro significa monitorar suas despesas

Você não precisa pagar um contador ou contador quando está começando. Você pode usar software de contabilidade, para rastrear suas receitas e despesas e criar um orçamento.

Procure por versões de software livre que você pode usar até que o crescimento de seus negócios exija uma atualização para a edição paga. Você precisará investir tempo pesquisando as soluções disponíveis para atender às suas necessidades, mas muitas ferramentas gratuitas podem aproveitar ao máximo seu esforço como empreendedor. Entre as opções que você pode usar gratuitamente ou de forma barata temos a contabilidade, gerenciamento de relacionamento com cliente, controle de tempo, produtividade, utilitários de escritório, design gráfico e muito mais.

A administração de sua empresa requer serviços básicos, como uma conexão à Internet e uma linha telefônica. Encontrar um serviço de banda larga apropriado pode ajudá-lo a comprar ao redor para garantir que seu provedor esteja oferecendo o melhor negócio possível. Você pode se surpreender ao descobrir outros provedores cujos pacotes fornecem o que você precisa por uma fração do custo.

Economizar em despesas sem sacrificar o que você precisa para administrar seus negócios economiza dinheiro para reinvestir ou economizar, como uma salvaguarda contra desacelerações futuras.

Empreendimentos e finanças

Um bom empreendimento tornará uma boa ideia extremamente lucrativa. (Foto: St. John’s University)

Contrate ajuda somente quando precisar

Às vezes, o trabalho chega tão devagar que você se pergunta como vai pagar as contas. Outras vezes, você terá tanto trabalho que contratar ajuda paga é a única maneira de cumprir os prazos sem alterar a qualidade. Depois de contratar um funcionário em período integral ou parcial, você não é mais um empreendedor solitário. Se sua empresa gerar renda suficiente para sustentar facilmente um funcionário, mantendo-o ocupado, esse pode ser seu melhor curso de ação.

Nos estágios iniciais, porém, os freelancers são sua melhor aposta. Como os empreiteiros independentes trabalham por conta própria, você só precisa configurar uma maneira de gerenciar suas atribuições, acompanhar o tempo e pagar pelo trabalho quando terminar. A contratação de funcionários é um empreendimento muito mais caro.

Na maioria das vezes, recuso projetos adicionais se estiver ocupado demais para fazer isso sozinho. Mas haverá momentos em que, inesperadamente, você poderá ficar doente, por exemplo. Você pode precisar entrar em contato com amigos da suar rede. Não dá para simplesmente pedir uma extensão ao cliente ou perder completamente a renda. Ligar para uma pessoa em quem confia para fazer o trabalho ajuda a manter um pouco do dinheiro no bolso e te possibilita pagar as contas em dia.

Não abandone seu emprego fixo no começo do empreendimento

Se você estiver mantendo um emprego enquanto inicia e executa seu empreendimento, espere estar cansado até estar pronto para assumir o negócio em tempo integral. Certifique-se de começar com o pé direito. Trabalhe na construção de sua clientela antes de sair do seu dia de trabalho, assim você terá um lugar para começar quando mergulhar no negócio.

Também é uma boa ideia continuar trabalhando no seu dia de trabalho até conseguir um pouco de economia. Você precisará desse fundo para dias difíceis se os pagamentos não chegarem exatamente quando você espera.

Confie na automação onde puder

Quando você está trabalhando sozinho, não há falta de coisas a serem feitas. A automação pode economizar seu tempo (e talvez sua sanidade). Você provavelmente já sabe que pode automatizar seu gerenciamento de mídias sociais, embora seja bom sempre uma verifcação ao vivo de tempos em tempos.

Além disso, as ferramentas certas permitem automatizar o faturamento, classificando seus e-mails, como usando os filtros do Gmail, e outras dezenas de tarefas. Para ter uma ideia do que você pode fazer, dê uma olhada em aplicativos e programas como o If This Then That (IFTT) e Zapier. Levará um tempo para configurar as ações iniciais, mas livrar-se da monotonia resultará em economias significativas ao longo do tempo.

Continue aprendendo habilidades de empreendedorismo

Você inicia seu negócio com um conjunto de habilidades existente. Se você deseja manter o sucesso como um empreendedor, precisará expandir esse kit de ferramentas – da contabilidade ao marketing e tudo mais. Algumas dessas habilidades podem vir até você naturalmente, mas você deve se concentrar na construção daquelas que não o são. Ao longo dos anos, aprenderá bastante sobre orçamento, marketing e atendimento ao cliente.

Faça o que fizer, permaneça flexível. Por exemplo, talvez você precise transferir o dinheiro que economizou do aluguel para pagar a conta de energia elétrica. Pode ser que você precise colocar contas em cartões de crédito para poder respirar até ter o dinheiro no bolso. Pode ser um incômodo por ter que fazer essas compensações. Às vezes, porém, você precisa fazer o que precisa. Se você é rígido demais para mudar seu plano de ação, terá dificuldades desnecessárias para melhor atender às suas necessidades.

Como vocês empreendem? Quais estratégias adotam?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)